Início
/
Institucional
/
Missão, Atribuições e Legislação
Missão, Atribuições e Legislação

Apresentação, Missão, Visão e Valores

BREVE APRESENTAÇÃO DA ULSAM, E.P.E.

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E.P.E., criada pelo Decreto-Lei 183/2008 de 04 de Setembro, rectificado pelo Decreto-Lei 12/2009, de 12 de Janeiro, é constituída por  2 unidades hospitalares (Hospital de Santa Luzia em Viana do Castelo e Hospital Conde de Bertiandos em Ponte de Lima), 12 centros de saúde (Arcos de Valdevez, Barroselas, Caminha, Darque, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira) , 1 unidade de saúde pública e 2 unidades de convalescença (uma unidade pertence à RNCCI).

Esta Unidade, constitui uma entidade pública empresarial integrada no Serviço Nacional de Saúde que abrange a totalidade do distrito, com uma área territorial de 2.213 Km2 e uma população residente estimada de 244.836 (INE  Ano 2011), 13,3% dos quais  com menos de 15 anos e 23,1% com idade igual ou superior a 65 anos.

.

Mapa do Distrito de Viana

mapa

 

A prestação de Cuidados de Saúde Primários à população é garantida pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Altos Minho (ACES), constituído por 12 centros de saúde num total de 39 Unidades funcionais (31-12-2015):

    • 4 Unidades de Saúde Familiares Modelo B;
    • 11 Unidades de Saúde Familiares Modelo A;
    • 11 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados;
    • 12 Unidades de Cuidados na Comunidade;
    • 1 Unidade de Saúde Pública.

.

Os Hospitais de Santa Luzia e Conde de Bertiandos, prestam cuidados diferenciados e centra-se nas seguintes linhas de produção:

      • Consulta Externa;
      • Urgência;
      • Internamento;
      • Cirurgia Convencional (programada e urgente);
      • Cirurgia Ambulatório;
      • Hospital Dia;
      • Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica;
      • Serviços Domiciliários;
      • Hospitalização domiciliaria;
      • Telemedicina/Telesaúde.

O Internamento dispõe de 398 camas e de 13 berços no Internamento de Obstetrícia.

O Bloco Operatório dispõe de um Bloco Central com 5 salas e um Bloco de Ambulatório com 3 salas, ambos dotados de equipamento para cirurgia convencional e laparoscópica.

O Bloco de Partos no serviço de Obstetrícia tem capacidade instalada para 6 salas de parto.

A Consulta Externa dispõe de 102 gabinetes de consulta médica e de enfermagem, sendo que 80 gabinetes são no Hospital de Santa Luzia (HSL) em Viana do Castelo e 22 no Hospital de Conde Bertiandos (HCB) em Ponte de Lima. A Consulta Externa também dispõe de 3 salas de pequena cirurgia, 2 salas no HSL e 1 sala no HCB. A área do Hospital de Dia está equipada com 11 cadeirões no HSL e 8 cadeirões no HCB, perfazendo um total de 19 cadeirões.

A Rede de Urgência dispõe de um serviço de Urgência Médico-Cirúrgica no Hospital de Santa Luzia e dois serviço de Urgência Básica (Ponte de Lima e Monção), para os casos clínicos urgentes e emergentes o INEM disponibiliza 1 Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), 4 ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV), 10 ambulâncias de socorro nos bombeiros e 1 ambulância do INEM sediada no Hospital de Santa Luzia. Quando necessário, todos estes meios são apoiados pelo helicóptero sediado no Porto.

Na prestação de Cuidados Continuados Integrados à população é garantida por 2 unidades de Internamento (Unidades de convalescença) e 10 Equipas Domiciliárias (ECCI).

A coordenação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados é assegurada a nível local por 2 Equipas Coordenadoras Locais.

Sediada no Hospital de Santa Luzia, a Equipa de Gestão de Altas é responsável pela preparação e gestão de altas hospitalares em coordenação com os Serviços de Internamento, para os doentes que requerem seguimento dos seus problemas de saúde e sociais, quer no domicílio quer em articulação com as unidades de convalescença e as unidades de média duração e reabilitação existentes na área de influência.

A ULSAM dispõe de uma Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos (EIHSCP), que presta apoio e consultoria a todos os serviços de internamento hospitalares da área de influência e uma Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP), que presta apoio e suporte, de modo direto, aos Serviços Hospitalares, às ECCI´S, às Equipas de Saúde Familiar e às Unidades de Internamento da RNCCI na área de abrangência da ULSAM.

A partir de 1 de setembro de 2017, e por deliberação do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE (ULSAM), nos termos do estipulado no artigo 18º, da Portaria n.º 147/2017, de 27 de abril, foi designada a composição da Unidade Local de Gestão do Acesso (ULGA).

A Unidade Local da Gestão do Acesso (ULGA) é composta por uma equipa multidisciplinar, com competências nas vertentes da prestação dos cuidados de saúde que compõem o Sistema Integrado de Gestão do Acesso do Serviço Nacional de Saúde (SIGA SNS).

A ULGA tem como missão reorganizar o sistema em torno do cidadão, das suas necessidades e expectativas, promovendo a acessibilidade, a celeridade, a equidade e a humanização dos serviços, sem perder de vista a qualidade, a viabilidade e a sustentabilidade do SNS.

No âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), o Conselho de Administração da ULSAM em maio de 2018 nomeou o encarregado de proteção de dados.

Em 14 de dezembro de 2017 o Conselho de Administração nomeou o coordenador do Centro de Telesaúde da ULSAM.

.+

MISSÃO

A missão da ULSAM assume um carácter compreensivo que vai desde a identificação das necessidades de saúde da população residente até à resposta integrada a essas necessidades, através dos serviços públicos, privados contratualizados, comunitários ou de solidariedade social, no respeito pela integridade e dignidade dos utentes, otimizando os recursos, garantindo a qualidade e efetividade da prestação de cuidados, com eficiência e eficácia, tendo em vista a excelência.

.

VISÃO

A visão da ULSAM, como organização otimizada e centrada na gestão integrada da saúde dos cidadãos do distrito de Viana do Castelo, é elevar-se a modelo de referência para outros prestadores de cuidados de saúde.

.

VALORES

No desenvolvimento da sua actividade, a ULSAM e os seus colaboradores regem-se pelos seguintes valores:

.........a) Atitude centrada no cidadão e respeito pela dignidade humana;

.........b) Cultura do conhecimento como um bem em si mesmo;

.........c) Cultura da excelência técnica e do cuidar;

.........d) Cultura interna de multidisciplinaridade e do bom relacionamento no trabalho.

.


Legislação

Criação da ULSAM, E.P.E. - Decreto Lei 183/2008, 4 de Setembro

Resolução do Conselho de Ministros n.º 77/2017, de 06 junho - Nomeia os membros do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 68/2018 - Nomeação Dra. Fátima Cristina Mira da Fonseca

CReSAP - Parecer nº 33/17  - Unidade Local de Saúde do Alto Minho