Início
/
Institucional

Institucional


Fundos Comunitários

Apoios – Financiamentos

 

Projetos SAMA

 

Projetos Formação


Informação Legal

Declarações de Inexistência de Incompatibilidade

Aquisição de Corretivos da Volémia e Outras Soluções Estéreis FRASCOS

Medicamentos do sn cerebrospinal exceto anestésicos, relaxantes musculares. analg.,antipir.,antidep. e antipsi.

Aquisição de Medicamentos Extra-CAPS

Aquisição de Nutrição Parentérica – AQ 4/2021

Material de Consumo Clínico – Contentor de Agulhas e Seringas Contaminadas 5000CC

Material de Consumo Clínico – Material para preparação e administração de citotóxicos

Aquisição de Vários Artigos Posições Desertas do CPA 12/2021

Aquisição de BEVACIZUMAB 25 MG/ML SOL INJ FR 16 ML IV (AVASTIN/ROCHE) + BEVACIZUMAB 25 MG/ML SOL INJ FR 4 ML IV (AVASTIN/ROCHE)

Material de Consumo Clínico: Artigos de Anestesia – Vias Aéreas

Material de Consumo Clínico: STRIPPER DE VEIAS PERIFERICAS

Aquisição de Medicamentos Diversos e Outros Produtos Farmacêuticos – CA-3369-CP-E-220509-B

Material de Consumo Clínico – Aquisição de Toalhete Higienizador Multiusos

Material de Consumo Clínico – Consumíveis para ventilação não invasiva

Aquisição de Teste Rápido para Diagnóstico do Estreptococos do Grupa A (TDAR)

Compra de Artigos: Material para Artroplastia do Joelho

Aquisição de Material para Terapia de Pressão Negativa, com colocação de equipamento

Material de Consumo Clínico – Redes Volumétricos para Cirurgia (2 Lotes)

Material de Consumo Clínico – Conjunto de Monitorização de Pressão e Outro Material

Material de Consumo Clínico – Parafusos de Herbert

Aquisição de Mobiliário Hospitalar para a Consulta Externa Urologia do HSL

Material de Consumo Clínico – Clips Hemostáticos

Material de Consumo Clínico – Hemostáticos Absorvíveis

Material de Consumo Clínico – Artigos de Oftalmologia (4 Lotes)

Compra de Artigos: Material de Consumo Clínico – Artigos de Esterilização III e Descartáveis II

Aquisição de Cloreto de sódio 9 mg/ml Sol inj 3000 ml IV SACO – CPA 3/202

Material de Consumo Clínico – Artigos de Ostomia

Material de Consumo Clínico – Material para Urologia II

Reagentes para Trombose e Hemostase, com colocação de equipamento

Material de Consumo Clínico – Meias Anti Trombóticas

Material de Consumo Clínico – Zaragatoas para o Ano 2022

Aquisição de Meios de Cultura Cromogénicos para a Deteção de Enterobactérias Produtoras de Carbapnemases (EPC)

Aquisição de Cortinas hospitalares e Pendente simples para chamada de enfermeiro

 

Comissões Gratuitas de Serviço

2020

CGS Janeiro

CGS Fevereiro

CGS Março

CGS Junho

CGS Agosto

CGS Setembro

CGS Outubro

2021

CGS Janeiro

CGS Fevereiro

CGS Março

CGS Abril

CGS Maio

CGS Junho

 

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM – 2018

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM – 2019

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM – 2020

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM – 2021

Membros da Comissão de Farmácia e Terapêutica da ULSAM – 2022


Compete 2020

 

 

Clique aqui para ver o CartazClique aqui para ver o projeto EnfermeiroDigital@ulsamClique aqui para ver o projeto EnfermeiroDigital@ulsam

.



Princípios do Bom Governo

AUDITORIA INTERNA

.

BALANÇO SOCIAL

.

CARACTERIZAÇÃO E ESTATUTOS

.

COMPROMISSOS PROVISIONAIS

.

Comunicação de Irregularidades

.

Contratos Programa e Planos de Atividades

.

GESTÃO DE RISCOS

.

Informação Financeira

.

Modelo de Governo

.

Orientações de Gestão

.

Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas

.

Regulamento Interno

.

Relatórios de Acesso

.

Relatórios de Gestão e Contas

.

Relatório de Governo Societário

.

Plano Estratégico

.

Prazos Médios de Pagamento

.

Plano para a Igualdade

.

Remunerações pagas a Mulheres e Homens


Estrutura Organizacional da ULSAM, E.P.E

De acordo com o seu Regulamento Interno (aprovado, em 26 de dezembro de 2010, pelo Conselho de Administração e homologado, em 20 de janeiro de 2011, pelo Presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte, IP), a estrutura organizacional da ULSAM, E.P.E., atualmente, é constituída pelos Órgãos Sociais, Órgãos de Suporte ao Conselho de Administração, Órgãos de Apoio Técnico, Áreas Clínicas de Cuidados de Saúde Primários, Cuidados Hospitalares e Cuidados Continuados, Órgãos de Suporte à Prestação de Cuidados e Órgãos de Gestão e Logística.

Os Órgãos Sociais da ULSAM, E.P.E. integram os seguintes elementos:

  • Conselho de Administração (composto por um Presidente e cinco Vogais);
  • Fiscal Único;
  • Conselho Consultivo.

 

Os Órgãos de Suporte ao Conselho de Administração são:

  • Auditor Interno;
  • Gabinetes de Suporte:
      • Gabinete de Gestão de Risco Clínico;
      • Gabinete Jurídico;
      • Gabinete de Planeamento e Informação para a Gestão;
      • Gabinete de Planeamento para a Saúde;
      • Gabinete de Qualidade e do Utente;
      • Gabinete de Comunicação;
      • Gabinete de Relações com o Poder Local.

 

São Órgãos de apoio técnico ao Conselho de Administração:

  • Comissões de apoio técnico: Comissão de Humanização e Segurança do utente; Comissão de Coordenação Clínica; Comissão de Controlo de Infeção / GCL PPCIRA; Comissão de Normalização de Consumos; Comissão de Coordenação Oncológica; Comissão de Ética; Comissão de Coordenação da Interrupção da Gravidez; Comissão de Feridas; Comissão de Farmácia e Terapêutica; Comissão de Nutrição Artificial; Comissão Técnica Regional de Diagnóstico Pré-Natal (CTRDPN).
  • Comissão Paritária;
  • Conselho Comissão de Avaliação;
  • Direção do Internato Médico;
  • Equipa de Gestão de Altas.

 

São Órgãos de prestação de cuidados:

  • Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Minho: CS Arcos de Valdevez; CS Barroselas; CS Caminha; CS Darque; CS Melgaço; CS Monção; CS Paredes de Coura; CS Ponte da Barca; CS Ponte de Lima/Freixo; CS Valença; CS Viana do Castelo; CS Vila Nova de Cerveira;
  • Departamentos Autónomos de Gestão (DAG): DAG Medicina; DAG Cirurgia; DAG Medicina Crítica; DAG Saúde da Mulher e da Criança; DAG Psiquiatria e Saúde Mental; DAG Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT); Departamento Consulta Externa;
  • Serviços de Cuidados Continuados: Unidade de Convalescença de Ponte de Lima e de Valença;
  • Equipa de Cuidados Paliativos (Equipa Intra Hospitalar de Suporte aos Cuidados Paliativos (EIHSCP) e a Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP).

 

São Órgãos de suporte à prestação de cuidados:

  • Serviço de Esterilização;
  • Serviço Farmacêutico;
  • Serviço de Nutrição e Alimentação;
  • Serviço Social;
  • Serviço de Codificação Clínica Hospitalar;
  • Serviço de Apoio Espiritual e Religioso.

 

São Órgãos de suporte à gestão e logística:

  • Serviço de Aprovisionamento;
  • Serviço de Instalações e Equipamentos;
  • Serviço Hoteleiro e de Apoio Geral;
  • Serviço de Gestão de Recursos Humanos;;
  • Serviço de Gestão Financeira;
  • Serviço de Sistemas de Informação e Comunicação;
  • Serviço de Gestão das Relações com Utentes e Entidades Externas Prestadoras de Serviços;
  • Serviço Ocupacional e Saúde do Trabalho.

 

Organograma da ULSAM, E.P.E. em vigor

organograma


Legislação

Criação da ULSAM, E.P.E. – Decreto Lei 183/2008, 4 de Setembro

Resolução do Conselho de Ministros n.º 77/2017, de 06 junho – Nomeia os membros do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, E. P. E.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 68/2018 – Nomeação Dra. Fátima Cristina Mira da Fonseca

CReSAP – Parecer nº 33/17  – Unidade Local de Saúde do Alto Minho


BREVE APRESENTAÇÃO DA ULSAM, E.P.E.

Constituição, natureza e regime jurídico

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho, Entidade Pública Empresarial (doravante, ULSAM, E.P.E.), constituiu-se pelo Decreto-Lei 183/2008, de 04 de Setembro, retificado pelo Decreto-Lei 12/2009, de 12 de Janeiro.

A ULSAM, E.P.E. é uma pessoa coletiva de direito público de natureza empresarial, dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial, à qual é aplicado o regime jurídico do setor empresarial do Estado e das empresas públicas previsto no Decreto-Lei nº 558/99, de 17 de dezembro, com as especificidades previstas no Decreto-lei nº 183/2008, de 4 de setembro, no seu regulamento interno e nas normas em vigor para o Serviço Nacional de Saúde. A sua sede social localiza-se na Estrada de Santa Luzia, no concelho de Viana do Castelo.

.

Missão, visão e valores

A missão da ULSAM, E.P.E. assume um carácter compreensivo que vai desde a identificação das necessidades de saúde da população residente até à resposta integrada a essas necessidades, através dos serviços públicos, privados contratualizados, comunitários ou de solidariedade social, no respeito pela integridade e dignidade dos utentes, otimizando os recursos, garantindo a qualidade e efetividade da prestação de cuidados, com eficiência e eficácia, tendo em vista a excelência.

É visão da ULSAM, E.P.E., como organização otimizada e centrada na gestão integrada da saúde dos cidadãos do distrito de Viana do Castelo, elevar-se a modelo de referência para outros prestadores de cuidados de saúde.

No desenvolvimento da sua atividade, a ULSAM, E.P.E. e os seus colaboradores guiam-se pelos seguintes valores:

  • Atitude centrada no cidadão e respeito pela dignidade humana;
  • Cultura do conhecimento como um bem em si mesmo;
  • Cultura da excelência técnica e do cuidar;
  • Cultura interna de multidisciplinaridade e do bom relacionamento no trabalho.

 

Objetivos, atribuições e área de influência

De acordo com o seu Regulamento Interno (Artigo 5º), a ULSAM, E.P.E. norteia-se pelos seguintes objetivos:

  • Obtenção de ganhos em saúde na área de influência pela progressiva integração, articulação e complementaridade dos vários níveis de cuidados;
  • Prestação de cuidados de saúde de qualidade, acessíveis em tempo oportuno;
  • Eficácia técnica e eficiência, num quadro de desenvolvimento económico e financeiro sustentável;
  • Melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados e do modelo Unidade Local de Saúde no contexto do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Conforme os Estatutos das Unidades Locais de Saúde, E.P.E. (Anexo III, Capítulo I, Artigo 3º do Decreto-Lei nº 18/2017, de 10 de fevereiro), as atribuições da ULSAM, E.P.E. constam dos seus regulamentos internos, sendo fixadas de acordo com a política de saúde a nível nacional e regional e com os planos estratégicos superiormente aprovados e são desenvolvidas através de contratos-programa, em articulação com as atribuições das demais instituições do sistema de saúde.

A área de influência da ULSAM, E.P.E. cobre a totalidade do distrito de Viana do Castelo (coincidente com a atual NUT III do Alto Minho), abrangendo os concelhos de Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira.

 

Mapa do Distrito de Viana

mapa

 

 

 

 

 

 

 

O território abrangido tem uma superfície de 2.219 Km2 e (segundo os “resultados provisórios” dos Censos 2021, recentemente divulgados pelo INE), uma população residente estimada em 231.293 indivíduos, 11,2% dos quais (jovens) com menos de 15 anos, 28,1% com idade igual ou superior a 65 anos e 60,7% de população em idade ativa (15 aos 64 anos). Esta sub-região apresenta uma densidade populacional de 104,2 indivíduos por km2, representando à volta de 2,26% da população de Portugal e, aproximadamente, 6,50% da população da Região Norte. Simultaneamente, apresenta um Índice de envelhecimento (idosos por cada 100 jovens) de 252, sendo que o número de indivíduos em idade ativa por idoso se fica pelos 2,2, num universo de 90.8555 famílias.

 

Unidades funcionais da ULSAM, E.P.E.

A prestação de Cuidados de Saúde Primários à população é garantida pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Alto Minho (ACES), constituído por 12 centros de saúde, num total de 37 Unidades funcionais:

  • 7 Unidades de Saúde Familiares Modelo B;
  • 9 Unidades de Saúde Familiares Modelo A;
  • 8 Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados;
  • 12 Unidades de Cuidados na Comunidade;
  • 1 Unidade de Saúde Pública.

As Unidades de Saúde acima referidas distribuem-se do seguinte modo pelo distrito:

Centro de Saúde de Arcos de Valdevez:

  • USF Uarcos;
  • USF Vale do Vez;
  • USF Arcos Saúde;
  • UCC Arcos de Valdevez.

Centro de Saúde de Barroselas:

  • UCSP Barroselas;
  • UCC Barroselas.

Centro de Saúde de Caminha:

  • USF Vale do Âncora;
  • USF Foz do Minho;
  • UCC Caminha.

Centro de Saúde de Darque:

  • USF Arquis Nova;
  • UCSP Darque;
  • UCC Darque.

Centro de Saúde de Monção:

  • USF Monção;
  • UCSP Monção;
  • UCC Deu La Deu.

Centro de Saúde de Melgaço:

  • UCSP Melgaço;
  • UCC Melgaço.

Centro de Saúde de Paredes de Coura:

  • USF Paredes de Coura;
  • UCC Paredes de Coura.

Centro de Saúde de Ponte da Barca:

  • USF Terra da Nóbrega;
  • UCC Ponte da Barca.

Centro de Saúde de Ponte de Lima:

  • USF Lethes;
  • USF Mais Saúde;
  • USF Vale do Lima;
  • USF Freixo Saúde;
  • UCSP Refoios/Fontão;
  • UCC Saúde Mais Perto.

Centro de Saúde de Valença:

  • UCSP Valença;
  • UCC Valença.

Centro de Saúde de Viana do Castelo:

  • USF Gil Eanes;
  • USF Tiago de Almeida;
  • USF Cuidarte;
  • UCSP Viana do Castelo;
  • UCC Viana do Castelo.

Centro de Saúde de Vila Nova de Cerveira:

  • UCSP Vila Nova de Cerveira;
  • UCC Saúde em Movimento

Unidade de Saúde Pública

 

Os Hospitais de Santa Luzia e Conde de Bertiandos prestam cuidados diferenciados e centram-se nas seguintes linhas de produção:

  • Consulta Externa;
  • Urgência;
  • Internamento;
  • Cirurgia Convencional (programada e urgente);
  • Cirurgia Ambulatório;
  • Hospital Dia;
  • Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica;
  • Serviços Domiciliários;
  • Hospitalização Domiciliária;
  • Telemedicina/Telessaúde.

O Internamento dispõe de 392 camas e de 13 berços no Internamento de Obstetrícia.

O Bloco Operatório dispõe de um Bloco Central com 5 salas e um Bloco de Ambulatório com 3 salas, ambos dotados de equipamento para cirurgia convencional e laparoscópica.

O Bloco de Partos no serviço de Obstetrícia tem capacidade instalada para 6 salas de parto.

A Consulta Externa dispõe de 102 gabinetes de consulta médica e de enfermagem, sendo que 80 gabinetes são no Hospital de Santa Luzia (HSL) em Viana do Castelo e 22 no Hospital de Conde Bertiandos (HCB) em Ponte de Lima. A Consulta Externa também dispõe de 3 salas de pequena cirurgia, 2 salas no HSL e 1 sala no HCB.

A área do Hospital de Dia está equipada com 11 cadeirões no HSL e 8 cadeirões no HCB, perfazendo um total de 19 cadeirões.

A Rede de Urgência dispõe de um serviço de Urgência Médico-Cirúrgica no Hospital de Santa Luzia e dois serviços de Urgência Básica (Ponte de Lima e Monção). Para os casos clínicos urgentes e emergentes o INEM disponibiliza 1 Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), 4 ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV), 10 ambulâncias de socorro nos bombeiros e 1 ambulância do INEM sediada no Hospital de Santa Luzia. Quando necessário, todos estes meios são apoiados pelo helicóptero sediado em Macedo de Cavaleiros.

A prestação de Cuidados Continuados Integrados à população é garantida por 2 Unidades de Internamento (Unidades de Convalescença) e 10 Equipas Domiciliárias (ECCI).

A coordenação da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados é assegurada a nível local por 2 Equipas Coordenadoras Locais.

Sediada no Hospital de Santa Luzia, a Equipa de Gestão de Altas é responsável pela preparação e gestão de altas hospitalares em coordenação com os Serviços de Internamento para os doentes que requerem seguimento dos seus problemas de saúde e sociais, quer no domicílio quer em articulação com as unidades de convalescença e as unidades de média duração e reabilitação existentes na área de influência.

A ULSAM dispõe de uma Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos (EIHSCP), que presta apoio e consultoria a todos os serviços de internamento hospitalares da área de influência e uma Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos (ECSCP), que concede apoio e suporte, de modo direto, aos Serviços Hospitalares, às ECCI, às Equipas de Saúde Familiar e às Unidades de Internamento da RNCCI na área de abrangência da ULSAM.

A 1 de setembro de 2017, e por deliberação do Conselho de Administração da ULSAM, E.P.E., nos termos do estipulado no artigo 18º, da Portaria n.º 147/2017, de 27 de abril, foi designada a composição da Unidade Local de Gestão do Acesso (ULGA).

A ULGA é composta por uma equipa multidisciplinar, com competências nas vertentes da prestação dos cuidados de saúde que compõem o Sistema Integrado de Gestão do Acesso do Serviço Nacional de Saúde (SIGA SNS).

A ULGA tem como missão reorganizar o sistema em torno do cidadão, das suas necessidades e expectativas, promovendo a acessibilidade, a celeridade, a equidade e a humanização dos serviços, sem perder de vista a qualidade, a viabilidade e a sustentabilidade do SNS.

No dia 14 de dezembro de 2017, o Conselho de Administração nomeou o coordenador do Centro de Telessaúde da ULSAM.

No âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), o Conselho de Administração da ULSAM, E.P.E. criou, em maio de 2018, o cargo de Encarregado de Proteção de Dados, tendo, em sessão do Conselho de Administração, de 16 de julho de 2020, sido deliberado nomear o novo/atual Encarregado da Proteção de Dados da ULSAM, E.P.E., com efeitos a partir daquela data.

.

.