Início
/
Serviços
/
Serviços de Suporte à Prestação de Cuidados

Serviços de Suporte à Prestação de Cuidados

Localização/Contatos

Coordenador: Enf. João Silva
Contato: 936 094 199

Apresentação

O Serviço de Nutrição e Alimentação (SNA) da ULSAM é um serviço autónomo, hierarquicamente dependente do Conselho de Administração.

Intervém em 5 áreas que constituem a sua estrutura funcional: Nutrição Clínica, Nutrição Comunitária, Gestão e Alimentação Institucional, Ensino/ Formação e Investigação, Assessoria Científica.

Colabora com a Unidade de Saúde Pública do Alto Minho no desenho, monitorização, operacionalização e gestão do Projeto de Otimização das Dietas Escolares (P0DE), do Programa de Alimentação Saudável em Saúde Escolar (PASSE) e Sistema de Vigilância Nutricional Infantil da OMS/Europa (COSI).

.

Assim, compete em geral ao Serviço de Nutrição, nos diferentes níveis de cuidados na saúde, entre outras:

  • Avaliar, analisar e estudar os dados em saúde e desequilíbrios alimentares geradores de doença na comunidade ou em grupos populacionais determinados;
  • Intervir e corrigir erros alimentares identificados;
  • Realizar a avaliação, diagnóstico e estudo nutricional de indivíduos, grupos ou comunidades;
  • Elaborar pareceres e relatórios técnico-científicos;
  • Desenvolver e participar em programas de educação para a saúde e, em geral, de saúde pública, no domínio da educação alimentar;
  • Colaborar nas ações comunitárias que visem a promoção da saúde e a prevenção da doença, nomeadamente as relacionadas com os desequilíbrios alimentares e nutricionais;
  • Prestar aconselhamento nutricional individual ou coletivo;
  • Garantir a prestação de cuidados assistenciais de nutrição elaborando o diagnóstico nutricional, com base nos dados clínicos, bioquímicos, antropométricos e alimentares e instituir/prescrever a terapêutica nutricional;
  • Identificar o risco nutricional e avaliar o estado nutricional de um indivíduo ou de uma determinada comunidade e prescrever a terapêutica nutricional mais adequada, incluindo a nutrição artificial;
  • Acompanhar, monitorizar e adaptar a terapêutica nutricional prescrita;
  • Realizar consultas de nutrição, também de tipologia específica, que visam obter a otimização nutricional dos utentes de acordo com a sua condição patológica e/ou sintomatologia associada;
  • Elaborar material educacional destinado a utentes, suas famílias ou grupos populacionais;
  • Contribuir para a literacia em saúde, e em particular para a literacia nutricional;
  • Identificar, e propor a aquisição, de equipamento e instrumentos de trabalho específicos da nutrição, devidamente adaptados e validados para a população portuguesa;
  • Responsabilizar-se pela escolha, administração e utilização do equipamento técnico e dos instrumentos específicos da nutrição;
  • Desenvolver e/ou participar em projetos de investigação;
  • Identificar, planear e contratualizar a prestação de cuidados de nutrição com as outras unidades funcionais ou serviços da instituição, a efetuar pelos Nutricionistas;
  • Organizar e participar na formação pré e pós-graduada de Nutricionistas e de outros profissionais de saúde;
  • Desenvolver ações de informação a profissionais de saúde sobre o acesso à Consulta de Nutrição;
  • Desenvolver ações de sensibilização e informação aos utentes sobre nutrição e acesso a estes cuidados;
  • Colaborar com os órgãos de direção, administração e gestão da instituição e contribuir para a melhoria contínua das organizações onde se inserem;
  • Integrar equipas multidisciplinares, comissões técnicas, grupos de trabalho de âmbito institucional.

.

A estas acrescem nos Cuidados de Saúde Primários (CSP), nomeadamente as seguintes:

  • Implementar programas nacionais, regionais e locais de promoção da alimentação saudável, nomeadamente o Programa Nacional da Promoção da Alimentação Saudável – Projeto de Otimização das Dietas Escolares (P0DE), do Programa Alimentação Saudável em Saúde Escolar (PASSE) e do método Heróis da Fruta®;
  • Desenvolver atividades de saúde comunitária devidamente enquadradas no Plano Local de Saúde;
  • Articular com as equipas multidisciplinares das Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC), nomeadamente no âmbito das Equipas de Cuidados Continuados Integrados (ECCI);
  • Participar nos projetos de saúde pública no âmbito das Ciências da Nutrição em colaboração com a Unidade de Saúde Pública (USP);
  • Implementar, contribuir e difundir boas práticas do Nutricionista nos CSP.

.

Nos Cuidados de Saúde Hospitalares (CSH) acrescem, nomeadamente, as seguintes:

  • Participar em comissões de seleção de alimentos adaptados, produtos de nutrição entérica e parentérica;
  • Integrar comissões técnicas ou integrar júris de concursos no processo de contratação da prestação de serviços de alimentação;
  • Participar no planeamento e gestão dos serviços de fornecimento alimentar;
  • Elaboração e atualização do manual de dietas;
  • Monitorizar o cumprimento do caderno de encargos estabelecido com a empresa de restauração coletiva concessionada;
  • Verificar e realizar auditorias aos fornecedores de produtos, empresas que forneçam alimentos pré-preparados ou já confecionados, equipamentos e utensílios que interfiram com a qualidade nutricional e a segurança alimentar;
  • Avaliar o grau de satisfação dos utentes e dos colaboradores da Instituição, utilizadores dos refeitórios em relação à alimentação fornecida.

.

Áreas de Especialização – Consulta Externa

  • Nutrição Geral
  • Nutrição – Pediatria
  • Nutrição – Oncologia
  • Nutrição – Diabetes
  • Nutrição – Gravidez
  • Nutrição – Cuidados Paliativos
  • Nutrição – Consulta da Dor
  • Nutrição – Doenças Neurodegenerativas

.

Ensino/Formação

Participar na formação pré e pós-graduada de nutricionistas e outros profissionais de saúde.

Equipa/Profissionais

DIRETOR DE SERVIÇO

Dr.ª Graça Ferro

.

EQUIPA DO SERVIÇO

.

Nutricionistas:

Dra. Alexandra Gonçalves, afeta ao Centro de Saúde de Paredes de Coura, ao Hospital Conde de Bertiandos e à Unidade de Convalescença de Ponte de Lima;

Dra. Ana Rita Almeida, afeta ao Hospital de Santa Luzia;

Dra. Ângela Catarina Alves, afeta aos Centros de Saúde dos Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Hospital Conde de Bertiandos;

Dra. Catarina Martins, afeta ao Centro de Saúde de Ponte de Lima;

Dra. Elisa Ruivo, afeta ao Hospital de Santa Luzia;

Dr. João Balinha, afeto ao Hospital de Santa Luzia;

Dra. Liliana Fernandes, afeta aos Centros de Saúde de Valença e Monção e à Unidade de Convalescença de Valença;

Dra. Mariana Alves, afeta ao Hospital de Santa Luzia

Dra. Mariana Oliveira, afeta aos Centros de Saúde de Caminha e Vila Nova de Cerveira;

Dra. Rute Azevedo, afeta ao Hospital de Santa Luzia;

Dra. Sandra Cardoso, afeta aos Centros de Saúde de Melgaço e Monção, ao Hospital Conde de Bertiandos e à Unidade de Convalescença de Ponte de Lima;

Dra. Sara Carvalhido, afeta ao Hospital Conde de Bertiandos e à Unidade de Convalescença de Ponte de Lima

Dra. Susana Karim Silva, afeta aos Centros de Saúde de Darque e Barroselas;

Dra. Susana Quintas, afeta ao Centro de Saúde de Viana do Castelo.

Dietistas:

Dra. Margarida Bernardo, afeta ao Hospital de Santa Luzia.

Horário

Localização/Contatos

Localização

Está presente em todas as unidades que compõem a ULSAM (Unidades Hospitalares e de Convalescença, Centros de Saúde e Unidade de Saúde Pública), realizando promoção da saúde e prevenção e tratamento da doença, vigilância do estado nutricional do doente na comunidade, na consulta e no internamento, organizando o processo de cuidados nutricionais e garantindo a adequação, sustentabilidade, qualidade e segurança alimentar e nutricional.

.

Informação útil

Para as consultas, deve fazer-se acompanhar do seu Cartão de Utente/Bilhete de Identidade, bem como da medicação em curso, e dos exames auxiliares de diagnósticos mais recentes.

.

Contactos:

Telefone: 258 802 305 (Hospital santa Luzia)
Email: nutricao@ulsam.min-saude.pt

Apresentação

O SAER pauta a sua forma de atuar por uma visão antropológica humanista, que reconhece as dimensões física, mental, social, espiritual e religiosa como integrantes da pessoa humana; pelo respeito sagrado pela liberdade religiosa e por uma visão holística do processo curativo, que integra a assistência espiritual e religiosa como uma “necessidade essencial, com efeitos relevantes na relação com o sofrimento e a doença, contribuindo para a qualidade dos cuidados prestados” (cf. Decreto-lei 253/2009, preâmbulo).

.

O SAER assume plenamente os objetivos de toda a ULSAM – ” a identificação das necessidades de saúde da população residente até à resposta integrada a essas necessidades, através dos serviços públicos, privados contratualizados, comunitários ou de solidariedade social, no respeito pela integridade e dignidade dos utentes, otimizando os recursos, garantindo a qualidade e efetividade da prestação de cuidados, com eficiência e eficácia, tendo em vista a excelência.”

.

O SAER procurará dar o seu contributo específico de uma forma eficaz na resposta às solicitações recebidas, integrada e dialogante com os demais prestadores de cuidados, e respeitadora das convicções espirituais e religiosas de cada doente, em conformidade com as linhas de orientação da Rede Europeia de Capelanias Hospitalares (European Network of Healt Care Chaplaincy, Standards – Finlândia, 2002).

.

Todos os elementos do SAER estão particularmente atentos à determinação do Decreto-lei 253/2009: “Os profissionais de saúde, os demais funcionários e os voluntários que trabalhem ou prestem serviços nas unidades, bem como os assistentes espirituais ou religiosos não podem obrigar, pressionar nem, por qualquer forma, influenciar os utentes na escolha do assistente espiritual ou religioso” (cf. artigo 4º, nº 3).

.

Atuando desta forma, o SAER, para além do seu fim específico – prestar a assistência espiritual e religiosa solicitada – procurará ser também uma presença humana e humanizante junto dos doentes em internamente e seus familiares, contribuindo, a seu modo, para a excelência dos cuidados de saúde prestados pela ULSAM;

Equipa/Profissionais

Pe. Dr. Fábio Carvalho [Diretor do Serviço de SAER] e colaboradores da Capelania Católica; Assistentes espirituais de outras confissões religiosas/espiritualidades credenciados, para o efeito, junto da ULSAM.

Horário

Terça a sexta: 09h00 – 18h30;

Sábado: 16h00 – 18h30;

Domingo: 09h30 – 12h.

.>/span>

EUCARISTIA NA CAPELA DO HOSPITAL

Segunda a Sábado: 17h;

Domingo e Dias Santos: 10h.

Localização/Contatos

Piso 1 – Ala Esquerda do Hospital

.

DIRETOR DE SERVIÇO

.

Email: fabio.carvalho@ulsam.min-saude.pt

Telemóvel: 965 004 576

Centro de TeleSaúde
Nutrição e Alimentação
Serviço Apoio Espiritual e Religioso